Geral - As 10 piores invenções que deram "certo"

por Master
70 views
15/08/2011

Para descontrair seu dia, vamos fazer você lembrar das 10 “invenções” mais irritantes (ou idiotas) que CHEGARAM a você com muito sucesso, mesmo que você não queira.

1. Vuvuzela

Nada contra as pessoas se empolgarem com seus “times”, mas quem aqui nunca invejou os surdos durante uma partida de futebol quando aquele chato aparece com uma Vuvuzela? Ela não é só barulhenta, ela é MUITO barulhenta, o som consegue ser irritante, e claro, quanto mais chato e sem noção o usuário, mais ele vai insistir em usá-la bem no seu ouvido.

Por sinal, eu estou ouvindo um zumbido ...

2. Telemarketing

Você atende o telefone, adivinha quem é? sim, aquela empresa chata de cartão de crédito, um banco que você não é cliente, ou alguém oferecendo serviço de telefonia (melhor ainda quando ligam para seu celular, oferecendo celular – as vezes a mesma empresa que você já é cliente). Não é irritante o suficiente? tem pior: “você gostaria de ajudar as pobres criancinhas carentes do lar XPTO para comprar leitinho?”. Se você disser que não, a voz de julgamento e menosprezo aparecem “Obrigado por sua atenção, tenha um bom dia” para atormentar você pelo resto … do dia. E não se preocupe, se você decidir ajudar, você tem que ou ir até o tal local com a doação, ou doar dinheiro vivo (golpe – golpe – golpe).

Hoje em dia, receber trote é satisfatório. Engano? um orgasmo telefônico.

3. Garrafas com “abre-fácil”

Alguém decidiu que cortar a embalagem com tesoura, ou abrir com abridor de lata, ou ainda com abridor de garrafas, era muito, mas muito difícil. Para facilitar muito, mas muito a sua vida, trocaram-se para sistemas muito sofisticados e inteligentes que abrem muito mais fácil (do que usar uma tesoura, ou um abridor de lata/garrafa .. complexo!).

O abre-fácil é duro e abre repentinamente, ou abre parcialmente. Você esparrama o conteúdo para todo lado, ou pior, a embalagem quebra. Lembra-se das tampinhas de garrafa (se você não é desta geração, meus pêsames)? agora é rosquinha, muito mais fácil de abrir pois não precisa abridor! apenas o HULK, ou uma chave de boca, e não se preocupe, se for de vidro, ainda pode quebrar com a força. Quem aqui já não ficou com a mão vermelha de tanto fazer força para abrir algo? ainda pega um paninho para ajudar!

Nada melhor do que fazer as coisas mais FÁCEIS para nós! em breve nas prateleiras, a garrafa ativada a voz, você só precisa falar “abra de sésamo” com sotaque finlandês perfeito, e ela abrirá o lacre que protege … o abre-fácil convencional. Não gostou? também tem a garrafa que só abre se você fizer a dancinha da garrafa ...

4. Buzina de automóvel

A buzina oficialmente é usada para você notificar pedestres ou outros veículos de sua aproximação. Perfeito, este é a resposta que você deu quando fez o exame para tirar sua carteira. Mas os usos REAIS da buzina variam: chamar a namorada que esta demorando, buzinar para aquela GOSTOSA, buzinar no engarrafamento (porque aparentemente o som de várias buzinas faz o trânsito magicamente fluir), ou claro, buzinar loucamente quando seu time ganha e você – pobre coitado – não tem uma VUVUZELA.

5. Proteção contra cópia (mídias)

A indústria evolui muito com o tempo: hoje em dia, quem compra seus produtos são criminosos canibais usurpadores e provavelmente estupradores de cabras, sim, e portanto seu CD/DVD/Blu-ray tem que vir com proteções contra cópia ridículas que causam 25% dos reprodutores pularem uma faixa, falharem no filme, ou simplesmente não reconhecerem a mídia.

O fato do mesmo filme PIRATA não ter a proteção contra cópia que impede você de ouvir/ver sua música/filme, entre outros (ver item 7), não serve de alerta à indústria de que ela esta na contra mão – pelo contrário, cada vez mais recursos “anti-pirataria” são usados, e em breve o produto virá com um policial estilo RAMBO para vigiar você 24h e certificar que você não faz mau uso do produto que comprou.

Espera um pouco? você tem certeza que esta lendo este artigo no site ORIGINAL? não é pirata não? www.daisuki.com.br

6. Teclas Sleep/Wake/Power no computador

Ahhhh … o teclado existe para você teclar, e também tem atalhos para as funções mais usadas no seu dia a dia. Como todo mundo que usa computador sabe, a cada 10 ou 15 minutos, por ai, vamos estimar, você gosta de desligar e ligar seu micro por farra, isso quando não decide colocar ele para dormir um pouquinho, coitado. Já que é algo TÃO FREQUENTE, óbvio que a indústria pensou afrente e colocou teclas específicas, bem a mão, de fato de preferência no local de teclas ainda mais usadas, para FACILITAR sua vida.

E quando você esbarra no POWER e perde tudo o que estava fazendo, certamente você vai sorrir e lembrar “poxa, que bom! esta tecla é demais, eu bem que queria uma pausa antes de começar tudo de novo!”

Agora só falta um telemarketing ligar te oferecendo vuvuzelas com desconto, e seu dia foi perfeito.

7. Região da mídia (DVD) / aviso contra pirataria

Globalização o inferno! Quando você compra algo, tem que ser algo que foi produzido ai no seu bairro! o do bairro ao lado não pode, porque vai dar dinheiro para o chefão de outra máfia, que não nos interessa. Portanto, o mundo globalizado é dividido em “regiões” completamente desconexas (provavelmente escolhida a dedos entre as que você mais gostava de importar/exportar).

Quando você decide comprar aquele show DVD de seu cantor favorito de outro país, que obviamente não vai aparecer nas lojas por aqui, você que se exploda, maldito financiador da máfia do além mar, porque não vai funcionar. O que? você sabe inglês e quer aquele filme super legal (provavelmente cult, ou nicho) que não saiu por aqui? problema seu! assiste na tela-quente.

Agora, já que estamos falando de DVD, vamos lembrar que além de fazer o máximo para criminalizar o comprador honesto com a proteção de cópia que impede você de assistir seu filme, também vamos fazer uma lavagem cerebral barata: quando você quiser ver seu filme, você terá que ver a mensagem do FBI sobre a multa e prisão para pirataria. Não da para pular nem “fast-foward”, viva a digitalização! como bonus para você aprimorar sua língua estrangeira, o aviso é apresentado em inglês, português, espalhol, francês, japonês e chinês! Tudo sem possibilidade de pular.

Idéia FANTÁSTICA!

Não da para entender porque alguém consciente iria querer um produto pirata que não tem tantas inovações como a proteção contra cópia, limitação de região e nenhum aviso imbecil sobre o que você (já sabe que) não deve fazer.

8. “Cliffhanger” (continua no próximo episódio...)

Você que é fã de séries, miniséries, filmes em trilogia ou anime, certamente nunca se deparou com a excelente invenção chamada “chiffhanger”. Quando o mocinho encontra a mocinha nos braços tentaculares do vilão, e o vilão da aquele sorriso macabro e aperta aquele botão vermelho com um aviso cataclísmico “nunca aperte” em cima, todos fazem uma cara de horror, o climax daquele enredo chegou, finalmente veremos o que o vilão planeja, que fim ele reserva para a mocinha, e como o mocinho (aparentemente despreparado e sem noção) vai fazer para certamente salvar o dia.

CONTINUA ...

Vai um Prozac ou Clonazepan ai?

9. Conversões culturais “patrióticas”

Não basta traduzir e substituir frases inteligentes com populismos locais sem nexo com o enredo. Não basta trocar aquela voz escolhida dentre centenas e avaliadas pelos melhores técnicos de som para encaixar-se perfeita com o personagem (ou, claro, a voz natural da Angelina Jolie ou Brad Pitt) pela voz do Gonzo ou Alf. O negócio mesmo é pegar a ideia e fazer a versão NACIONAL!

Porque? porque você é patriótico! Nada de “consumismo” americano, ou japonês, ou europeu. Você precisa comprar o que é criado pela cultura NACIONAL. Como as atrizes cansaram de fazer pornochanchada e as emissoras estão passando pela crise econômica e não podem pagar os 10 reais extras que elas cobram para mostrar os peitos, o negócio é cria a versão nacional do programa do Letterman, da Oprah, ou ainda do Big Brother (e vamos aproveitar que é tudo com B e colocar um Brasil no fim e chamar de BBB – Big Bouncing Boobs). E aquela série survivor? é NO LIMITE!

Não basta copiar, tem que copiar pra valer. Agora vamos copiar até o super fantástico “carrocel” Mexicano, ou Chileno, sei lá, não importa, agora é BRASILEIRO, com muito orgulho.

10. Sistema não internacional de medidas (não métrico) – USA, Burma(Myanmar) , Libéria

Que americano é arrogante todo mundo já sabe, é a maior qualidade deles. Agora, o que você não sabe é que além de arrogante, eles são burros (ok, você já sabia). Em 1999 um investimento de milhões de dólares em uma sonda espacial em marte se espatifou no planeta vermelho porque parte dos técnicos usaram o sistema internacional (métrico), e a outra parte achou que era uma boa ideia usar Jardas, Ounces e milhas, e juntar tudo isso para calcular a trajetória da nave, junto com metros, quilos e litros. Você soma jarda aqui, metro ali, litro ali, e o resultado é um Leprechaut dancante.

Se não está feliz com seus 100°F, ou seu esbelto corpo com 200 pounds, e sua altura de 4.5 pés, basta correr algumas milhas para perder o peso.

Qual é? 95% do mundo usa o Sistema Internacional, ou “métrico”, baseado em unidades científicas universais, mas aqueles esnobes retardados ainda medem distância com seus pés! e quando você tiver que conversar com um deles, ainda tem que converter para o sistema, pois não fazem ideia de quanto mede um metro. 

Tem cada invenção fantástica no mundo, não é?



O segredo da felicidade na internet, é não ler os comentários ... que comentários?